O. Henry e “Páginas da Vida”

    0

    Páginas da Vida (O. Henry’s Full House – 1952)

    Escrever sobre esse filme foi uma ótima desculpa para reler “Os
    Melhores Contos de O. Henry”, edição do Círculo do Livro, saboroso fruto de um
    dos meus garimpos nos sebos cariocas. Gosto demais do estilo desse autor injustamente
    tão pouco conhecido no Brasil, crônicas objetivas, traços rápidos que
    estabelecem bem os personagens e o contexto das situações, sempre com uma espirituosa
    reviravolta no final. Um humor que continua tão eficiente quanto em sua época, talvez,
    até mais moderno em sua estrutura, do que grande parte dos textos cômicos
    atuais. E aprecio, principalmente, a mensagem inerente aos textos, que celebram
    valores e princípios há muito esquecidos, como no meu favorito: “O Presente dos
    Magos”, que recebeu uma excelente adaptação nessa antologia, dirigida por Henry
    King e protagonizada por Farley Granger e a belíssima Jeanne Crain, fechando de
    forma magnífica a obra. O sacrifício de um casal, que aprende, na véspera do Natal, o real significado do amor.

    A cereja no bolo é a participação do escritor John Steinbeck, em rara aparição na frente das câmeras, como o narrador de cada trama. Como em toda antologia, a qualidade varia bastante, porém,
    dentre as cinco histórias, não há sequer uma ruim. A mais irregular, “O Resgate
    do Chefe Vermelho”, dirigida por Howard Hawks, consegue atingir pontos
    hilários, com a dupla de sequestradores atrapalhados percebendo que o pequeno
    refém é osso duro de roer, conduzindo a um desfecho brilhante, que obviamente
    não revelarei. A terceira, o ponto alto do projeto, “A Última Folha”, dirigida
    por Jean Negulesco, adaptada de um dos contos mais emocionantes do autor,
    consegue acertar no tom do melodrama, sem se debruçar demais na sacarina.
    Acredite nesse escriba, quanto menos você souber sobre essa trama, melhor será
    a experiência, e, não tenha dúvida, você vai precisar de muitos lenços ao final.

    * O filme está sendo lançado em DVD pela distribuidora: “Obras-Primas
    do Cinema”, com ótimo material extra, curtas e um bom documentário sobre a vida
    e obra do escritor O. Henry.

    RECOMENDAMOS


    Octavio Caruso
    Viva você também este sonho...

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here