Sábio Silêncio

Acompanhe-me nesta viagem no tempo pelo início da Sétima Arte…

CINEMA MUDO:

Luzes da Cidade (1931):
O Garoto (1921):
No Paiz das Amazonas (1922):
Metrópolis (1927):
Nosferatu (1922):
O Nascimento de Uma Nação (1915):
“Ganga Bruta”, de Humberto Mauro:
“A Greve” e “O Encouraçado Potemkin”, de Serguei M. Eisenstein:
“Inferno” (1911) e “Uma Página de Loucura” (1926):
“O Mundo Perdido”, de Harry O. Hoyt: 
“Jockey da Morte”, de Alfred Lind:
“Onde Estão Minhas Crianças?” (1916), de Lois Weber: