Pérolas do cinema AFRICANO escondidas na NETFLIX

1

Você conhece o cinema africano? Quando se fala sobre o tema, normalmente são citados clássicos como “El Haram” (1965), “Yaaba – O Amor Silencioso” (1989), “Yeelen – A Luz” (1987), “Os Deuses Devem Estar Loucos” (1980), “Estação Central do Cairo” (1958), “Xala” (1975) e “Touki Bouki” (1973). A lista abaixo é um convite para se encantar com o cinema africano moderno. Selecionei pérolas escondidas no catálogo da Netflix para facilitar seu garimpo. Boa sessão!

Falling (2015)

O amor de Muna pelo seu marido, Imoh, é testado quando um acidente o deixa em coma profundo e um novo homem entra na vida dela.

The Arbitration (2016)

Dara (Adesua Etomi) é uma ambiciosa engenheira de informática e após ajudar a antiga empresa a alavancar lucros com suas idéias, a ex-funcionária resolve brigar pelas ações que lhe correspondem e processar seu antigo chefe (e ex-amante) por estupro. A trama acontece na maior parte do tempo em uma sala de conciliação onde os dois lados são ouvidos, fazendo com que o telespectador tire suas conclusões sobre quem está falando a verdade e quem está manipulando.

Cinquentonas (Fifty – 2015)

Conheça Tola, Elizabeth, Maria e Kate, quatro amigas forçadas na meia-idade a fazer um inventário de suas vidas pessoais, enquanto malabarizam carreiras e familiares. Elas vivem nos bairros de classe média alta de Ikoyi e Victoria Island em Lagos, Nigéria, e trabalham na movimentada metrópole, a capital comercial da maior e mais vibrante economia da África. Nesta tenra, mas corajosa história de trabalho, poder, amor e luxúria na cidade mais populosa da África vê-se as quatro personagens principais enfrentarem triunfantemente desafios análogos aos de diversas mulheres que partilham de suas condições econômicas por todo mundo.

Cores do Paraíso (Colors of Heaven – 2011)

Na África do Sul, os anos violentos do Apartheid complicam os laços entre dois atores de raças diferentes.

RECOMENDAMOS


Octavio Caruso
Viva você também este sonho...

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here