“Lembranças de Hollywood”, de Mike Nichols

0

Lembranças de Hollywood (Postcards from the Edge – 1990)

Baseado na autobiografia de Carrie Fisher, a trama segue a vida de reabilitação pós-droga da atriz Suzanne Vale (Meryl Streep). A fim de obter um papel no cinema, Suzanne deve ter um “responsável” para supervisioná-la, o que exige sua volta para a casa de sua mãe, Doris Mann (Shirley MacLaine), uma popular estrela da comédia musical dos anos 50 e 60.

Quando o mundo noticiava o falecimento de Carrie Fisher e de sua mãe, Debbie Reynolds, com apenas um dia de diferença, lembrei imediatamente desta produção, adaptada do livro homônimo da filha, que abordava este relacionamento complexo.

Alçada ao estrelato mundial vivendo a Princesa Leia de “Guerra nas Estrelas”, a jovem lutava contra a dependência química e contra a sua própria insegurança artística, eclipsada pela gigantesca sombra de um dos símbolos mais adoráveis da era de ouro de Hollywood.

A leveza na assinatura do diretor Mike Nichols, aliada ao toque irônico de Fisher no roteiro, agrega à história um verniz quase onírico, amenizando o impacto dramático com encantadores, e, quase sempre, ácidos momentos de alívio cômico, ressaltando o afeto que resistia contra todas as probabilidades, até mesmo nas brigas mais explosivas entre as duas.

Direcionando a crítica ferina para o mundo de aparências estimulado pela imprensa especializada, o resultado é um retrato brutalmente sincero dos bastidores da indústria norte-americana de cinema pela ótica de alguém que, desde muito cedo (sem ter tido opção), viveu sob os seus escaldantes holofotes.

RECOMENDAMOS


Octavio Caruso
Viva você também este sonho...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here