Crítica do documentário “O Dilema das Redes”, de Jeff Orlowski, na NETFLIX

3

O Dilema das Redes (The Social Dilemma – 2020)

Pessoas por trás do Google, Twitter, Facebook, Instagram e YouTube revelam como essas plataformas estão reprogramando a civilização, expondo o que está escondido no outro lado da tela.

O documentário comete um equívoco inaceitável, simplesmente falha na percepção do que realmente está acontecendo no mundo hoje, logo, nada mais é que panfleto politiqueiro visando demonizar a FERRAMENTA que trouxe liberdade ao mundo, a internet, elemento que nos possibilitou perceber como o povo foi manipulado grosseiramente nas décadas anteriores, as redes sociais conseguiram estourar a bolha do sistema, por este motivo incomodam tanto. É exatamente por isto que o primeiro passo de toda ditadura é firmemente controlar a internet.

Políticos corruptos foram presos porque o povo finalmente teve voz, a notícia fabricada pela imprensa agora pode ser contestada, não há mais verdade absoluta, os fios nos dedos dos titereiros estão visíveis. Um dos temas principais na narrativa do documentário é a guerra civil, oras, quem se informa com o jornalismo independente sabe que a culpa da guerra civil que JÁ ESTÁ ocorrendo nas ruas dos Estados Unidos há meses (se não sabe, procure o que está acontecendo, por exemplo, em Portland) não é das redes sociais, elas apenas são o veículo necessário para que os vídeos dos absurdos crimes sejam divulgados, já que a imprensa tradicional, parte do esquema, finge não ver o óbvio: a culpa real é dos poderes que estão FINANCIANDO os grupos terroristas, como George Soros, incitando conflito racial, a velha estratégia do “nós contra eles”, o clássico “dividir para conquistar”, com fins desumanos e totalitários. O resto é balela para ludibriar ingênuos, pura desonestidade intelectual, teatro frágil e sensacionalista que apela desavergonhadamente para o medo, nutrido pela falta de informação do receptor.

Analisando friamente a estrutura, o filme é muito eficiente no que se propõe, prende a atenção, mantém o ritmo sem gordura extra, em suma, um trabalho competente de vergonhosa desinformação.

Cotação: one star - Crítica do documentário "O Dilema das Redes", de Jeff Orlowski, na NETFLIX

Octavio Caruso
Viva você também este sonho...

3 COMENTÁRIOS

  1. Eu assisti e concordo com vc, Octávio. Em todo o documentário, apenas de passagem há um registro de um debatedor que diz “olha, essas questões foram levantadas quando se criou a imprensa, a TV e o computador, isso é um exagero descabido”…não me lembro as palavras exatamente, mas a idéia é essa…frustrante.

    • Exato, Hélio. Há um interesse nefasto por trás do projeto, claramente tenta demonizar a ferramenta, parece até propaganda encomendada por alguma ditadura.
      Grato pela gentil atenção com o texto.
      Abração!

  2. É interessante notar que antes de 2016 não havia toda essa “preocupação” com as redes sociais.
    As redes sociais permitiram que os grupos conservadores passassem a ter voz, o que é impossível de acontecer na grande mídia, recheada de progressistas, isso os assusta, pois não estavam acostumados a lidar com isso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here