“O Grande Golpe”, de Stanley Kubrick, no TELECINE

0

O Grande Golpe (The Killing – 1956)

Quando o ex-presidiário Johnny Clay (Sterling Hayden) diz que tem um grande plano, todos querem participar. Especialmente quando o plano é roubar 2 milhões de dólares em um esquema “ninguém vai se machucar”. Mas, apesar do planejamento cuidadoso, Clay e seus homens se esqueceram de uma coisa: Sherry Peatty (Marie Windsor), uma garota ambiciosa e traiçoeira que está planejando um grande golpe só seu.

Após dois projetos de guerrilha com estéticas muito originais, este ótimo filme de assalto mostra um diretor mais domado, com tudo calculado, buscando a apreciação do público mainstream, uma atitude que culminaria no épico “Spartacus”, excelente produto comercial, mas longe dos experimentos mais autorais que ele retomaria com “Dr. Fantástico”.

Trabalhando pela primeira vez com financiamento profissional, um orçamento mais digno, o que possibilitou a entrada de um diretor de fotografia, o competente Lucien Ballard, o jovem conseguiu escalar atores experientes, como Sterling Hayden e Elisha Cook. O desfecho inesquecível, que não revelarei para não estragar a experiência de quem ainda não viu, só tem aquele impacto maravilhoso graças à impecável construção de clima desde a primeira cena, um suspense que só é eficiente porque o roteiro estabelece personagens verdadeiramente interessantes, ainda que nada carismáticos.

O próprio protagonista, vivido por Hayden, parece ser incapaz de expressar qualquer emoção. Por outro lado, temos George (Cook), a representação da fragilidade humana, um patético marido que é atraído ao crime como forma de tentar reconquistar a admiração da esposa, um respeito que nunca existiu na relação.

Na execução do plano do grupo, Kubrick esmerilha ao trilhar um caminho não linear, sobrepondo ações dos ladrões no que se torna um quebra-cabeça instigante, atitude que até mesmo no cinema moderno poderia ser considerada arriscada demais por muitos produtores.

A coragem que o cineasta já apresentava em seu primeiro trabalho encontra aqui sua voz mais madura.

RECOMENDAMOS



Octavio Caruso
Viva você também este sonho...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here