No “Dica do DTC”, a nova seção do “Devo Tudo ao Cinema”, a intenção não é entregar uma longa análise crítica, algo que toma bastante tempo, mas sim, uma espécie de drops cultural, estimulando o seu garimpo (lembrando que só serão abordados filmes que você encontra com facilidade em DVD, streaming ou na internet). O formato permite que mais material seja produzido, já que os textos são curtos e despretensiosos.

***

Alma em Pânico (Angel Face – 1953)

Quando uma senhora é misteriosamente envenenada por gás, o motorista de ambulância Frank (Robert Mitchum) acaba conhecendo sua enteada, Diane (Jean Simmons). Apesar de seduzido pelo seu charme, Frank ainda desconfia de seu envolvimento no acidente.

O grande público lembra de Jean Simmons em clássicos grandiosos como “Spartacus”, “Hamlet” e “O Manto Sagrado”, mas nestas produções ela tinha pouco a fazer, você vai encontrar os seus melhores e mais desafiadores momentos como atriz em filmes injustamente esquecidos, como neste fascinante noir dirigido pelo sempre competente Otto Preminger.

O interesse do roteiro de Frank Nugent e Oscar Millard não é surpreender, logo nos primeiros minutos você consegue compreender que Diane é intensamente manipuladora, ardilosa, femme fatale clássica, a graça está em acompanhar este jogo até o espetacular desfecho, com toques freudianos instigantes, analisando o comportamento perturbado da personagem e as nuances de interpretação que a atriz consegue inserir em sequências aparentemente comuns.

Vale destacar também a excelente trilha sonora composta por Dimitri Tiomkin, que, com sensibilidade, capta a essência psicológica da trama.

  • Você encontra o filme em DVD e, claro, garimpando na internet.

RECOMENDAMOS



Viva você também este sonho...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui