Faces do Medo – “A Ilha das Almas Selvagens”, de Erle C. Kenton

    0

    A Ilha das Almas Selvagens (Island of Lost Souls – 1932)

    Lançada no mesmo ano do polêmico “Freaks”, de Tod Browning, também
    se beneficiando do crepúsculo da era mais ousada de Hollywood, antes da censura
    do Código Hays, esta primeira versão de “A Ilha do Dr. Moreau”, de H.G. Wells, entrega
    um dos desfechos mais brutais da história do gênero, apesar da vítima, o amoral doutor
    vivido pelo sempre competente Charles Laughton, merecer cada segundo do
    pesadelo que enfrenta, cercado por todos aqueles que escravizou e utilizou como
    cobaias de seus experimentos em sua ilha, misturando genes de humanos e feras,
    conceito bizarro que ainda não perdeu impacto, o filme segue eficiente em
    revisão.

    Uma subtrama, em especial, seria impossível com a censura, a
    tentativa macabra de facilitar a relação sexual entre o marinheiro Edward
    (Richard Arlen) e a enigmática mulher-pantera Lota (Kathleen Burke), com o
    doutor brincando de Deus ao manipular suas versões distorcidas de Adão e Eva,
    uma sequência perturbadora, já que o rapaz ignora a natureza animalesca da bela
    seminua que o deseja, com seus movimentos corporais emulando o comportamento de
    um felino. Bela Lugosi como o líder das feras, o responsável por mantê-las
    obedientes ao controle do doutor pela tortura, um papel que é potencializado na
    fotografia soturna de um mestre que trabalhou em “Aurora”, de Murnau”, e que
    anos depois faria parceria com Chaplin em “O Grande Ditador” e “Luzes da
    Ribalta”: Karl Struss, quase sempre aproximando ameaçadoramente na câmera o
    rosto peludo, maquiagem de Wally Westmore, um recurso visual pensado para a
    tela grande.

    O grande mérito da obra está na atmosfera arrepiante que consegue estabelecer logo nos primeiros minutos. Apesar da versão de 1977, dirigida por Dan Taylor, ser mais conhecida pelo grande público, o clássico de Erle C. Kenton segue sendo minha versão favorita da obra.

    * O filme está sendo lançado em DVD pela distribuidora “Versátil” na caixa “Obras-Primas do Terror – Vol. 6”, que conta também com: “A Sociedade dos Amigos do Diabo”, “A Mansão Macabra”, “A Sétima Vítima”, “Internato Derradeiro” e “A Máscara do Horror”.

    RECOMENDAMOS


    Octavio Caruso
    Viva você também este sonho...

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here