Sei que estamos em plena temporada de premiações de cinema,
as apostas para o Oscar já começaram, muitos colegas estão debatendo o assunto,
talvez você que conheceu meu trabalho como crítico recentemente esteja
estranhando o meu silêncio, mas como sempre afirmo (desde 2008, quando comecei
na área), não enxergo relevância nestes eventos enquanto parâmetro de
qualidade. E considero importante sempre bater nesta tecla. Se quer algo mais
sério, procure nos festivais.

É a época do ano em que aquela pessoa que enxerga cinema
apenas como passatempo aproveita para posar de interessada, participar de
bolão, fazer piada com as gafes e analisar os vestidos do tapete vermelho,
atenção que se esvai antes mesmo do evento terminar. Eu sou apaixonado por esta
arte, não consigo aceitar que seja reduzida a uma “corrida de
cavalos”. O que irá encontrar no período em meu blog são textos sobre
filmes de todas as épocas, nacionalidades e gêneros, o verdadeiro
“ouro”, que brilha muito mais que qualquer estatueta. Este jogo é
necessário, movimenta a indústria, vende jornais, pode até ser divertido, mas é
tão raso e artisticamente irrelevante quanto o “Melhores do Ano” do
Faustão.

Então, se você verdadeiramente ama o cinema, aproveite o período
para se aprofundar nos estudos, aquele garimpo maravilhoso, ao invés de
desperdiçar tempo com a celebração cafona do lobby e da politicagem.

RECOMENDAMOS



Viva você também este sonho...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui