Animações INESQUECÍVEIS do estúdio GHIBLI que ACABAM de entrar na NETFLIX

0

Reúna a família na frente da televisão e se encante com o belíssimo trabalho dos estúdios Ghibli na Netflix. Eu selecionei os melhores, para facilitar seu garimpo. Boa sessão!

Meu Amigo Totoro (Tonari no Totoro – 1988)

Mei é uma jovem que encontra uma pequena passagem em seu quintal que a leva à um lendário espírito da floresta, conhecido como Totoro. Sua mãe está no hospital e seu pai divide o tempo entre dar aulas na faculdade e cuidar de sua mulher doente. Quando Mei tenta visitar a mãe por conta própria, se perde na floresta, e só o grande e fofo Totoro pode ajudar a menina a achar o caminho de volta para casa.

O Castelo no Céu (Tenkuu no Shiro Rapyuta – 1986)

Essa aventura nas alturas começa quando Pazu, um aprendiz de engenheiro encontra uma jovem garota, Sheeta, flutuando pelos céus e usando um colar brilhante. Juntos eles descobriram que ambos estão procurando por um lendário castelo flutuante, prometem então desvendar o mistério do cristal luminoso do colar de Sheeta.

O Serviço de Entregas da Kiki (Majo no Takkyuubin – 1989)

Kiki é uma jovem bruxa que acabou de completar 13 anos. Segundo a tradição, quando atingem essa idade, todas as bruxas devem sair de casa por um ano para aprender a viver por conta própria. Ela se muda com Jiji, seu gato falante. Lá ela aprende a seguir em frente com sua vida, apesar de todas as dificuldades que possam surgir.

Memórias de Ontem (Omohide Poro Poro – 1991)

Conta a história de Taeko Okajima, uma mulher de 27 anos e ainda solteira, com um trabalho burocrático num escritório em Tokyo, cidade na qual nasceu e cresceu. Quando criança, Taeko morria de inveja das amigas que podiam ir para o campo e visitar os parentes no período de férias. Por não possuir parentes no interior, Taeko tinha de permanecer em Tokyo o tempo todo, sonhando com o dia em que, finalmente, poderia realizar seu desejo de conhecer o campo.

Porco Rosso: O Último Herói Romântico (Kurenai no Buta – 1992)

Na Itália, caçadores de prêmios ganham a vida a lutar contra os piratas do ar. Um deles é Marco Porcellino, mais conhecido por Porco Rosso. Gina, cantora e proprietária do Hotel Adriano, situado numa pequena ilha, não desiste de tentar convencê-lo de que vale a pena procurar a humanidade, mas Porco resiste a falar do passado e detesta o único vestígio desses tempos – uma fotografia que mostra o seu rosto antes de assumir os agora característicos contornos porcinos.

RECOMENDAMOS


Octavio Caruso
Viva você também este sonho...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here