O LINDO documentário “Professor Polvo”, que ACABA de entrar na NETFLIX

1

Professor Polvo (My Octopus Teacher – 2020)

Oito anos atrás, debilitado pela fadiga adrenal, Craig começou a mergulhar em uma floresta subaquática gelada na ponta da África. À medida que a água gelada o revigorava, ele começou a filmar suas experiências e, com o tempo, uma jovem polvo-fêmea curiosa chamou sua atenção. Visitando sua toca e rastreando seus movimentos todos os dias durante meses, ele ganhou a confiança do animal e eles desenvolveram um relacionamento improvável.

Eu precisei em vários momentos pausar e retroceder cenas inteiras, simplesmente porque as lágrimas me impediam por minutos de ver o que se passava na tela, poucos documentários me emocionaram tanto, poucas vezes fui tão surpreendido positivamente por uma obra.

Ao selecionar as tradicionais listas semanais, deixei passar esta pérola, a primeira produção sul-africana original da Netflix, acreditei que seria como tantos outros projetos similares sobre vida marinha, agradeço demais à leitora Fernanda Madruga, que me enviou mensagem na página indicando o filme. A sessão já terminou há horas, mas o efeito dela ainda está presente, excelente opção para ver em família.

A direção de Pippa Ehrlich e James Reed estrutura os acontecimentos com extrema inteligência, retirando desde o início o espectador da passiva contemplação, usual no gênero, a câmera te insere na aventura, você se sente imerso na floresta subaquática de algas nas imediações da Cidade do Cabo, recurso que facilita a empatia imediata que é estabelecida entre Craig e a polvo-fêmea. Os depoimentos, sempre em tom calmo, ao contrário do sensacionalismo melodramático usual neste tipo de produção, hipnoticamente (e calorosamente) trazem o público mais perto do coração do narrador, há honestidade inegável em suas palavras.

O roteiro inteligentemente define logo nos primeiros minutos o contexto psicológico daquele homem que havia perdido o encantamento profissional, algo que afetava até mesmo sua convivência familiar. Aquele encontro inusitado mudou completamente sua vida, e, vale ressaltar, através das escolhas narrativas, com precisos alívios cômicos e momentos de pura e eficiente tensão, você realmente entende o impacto desta interação.

Outro ponto positivo, não há excesso de informações técnicas, como um bom professor vocacionado, o filme ensina muito sem que você perceba que está aprendendo, sem apostar no panfletarismo ambiental, acerto louvável, já que ele convida naturalmente à reflexão por ações, não por qualquer teoria politiqueira, transmitindo os benefícios da conexão empática entre dois seres de ambientes muito diferentes.

“Professor Polvo” entrega a mensagem clara da necessidade de se enfrentar as dificuldades, utilizando como alegoria as estratégias criativas do animal para sobreviver diariamente ao mundo selvagem, a sua rapidez no processo de adaptação. Um documentário fundamental e de beleza, estética e filosófica, rara.

Cotação: stars1 - O LINDO documentário "Professor Polvo", que ACABA de entrar na NETFLIX

Octavio Caruso
Viva você também este sonho...

1 COMENTÁRIO

  1. Adorei.
    Vivemos a aventura com ele, torcemos pelo polvo, pela sua estrategia de defesa, e luta pela sobrevivencia.
    Na verdade, tenho dificuldade em aceitar a morte de seres vivos em pro da conservacao da especie
    By the way, acho q nao comerei mais polvo na vida….

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here