O Capanga de Hitler (Hitler’s Madman – 1943)

O filme conta a história da eliminação de Reinhard Heydrich, comandante nazista, por rebeldes tchecos. Depois, houve a represália ao povo da Tchecoslováquia pelos nazistas, dizimando a cidade de Lídice.

Neste filme testemunhamos o primeiro trabalho de Douglas Sirk no cinema americano, com perceptível inspiração em Sergei Eisenstein e já mostrando muita coragem ao se impor em uma indústria diferente, além de traços narrativos recorrentes em sua filmografia, como o conflito entre as tradições e o novo regime totalitário.

Trata-se de mais uma eficiente peça de propaganda, rodada em uma semana, mas com mais refinamento que a maioria que era produzida no período. O desfecho, em que o povo da cidade dizimada pelos nazistas clama diretamente ao público por um revide ideológico, ressalta a importância histórica da obra.

Como ponto alto, a excelente atuação de John Carradine, como Reinhard Heydrich, organizador da Conferência de Wannsee, em 1941, que resultou na aprovação da monstruosa “solução final para os judeus”: o Holocausto. O roteiro evita a estratégia comum de buscar a empatia do público por um monstro das páginas históricas, inserindo-o em um contexto íntimo e ordinário, preferindo realçá-lo com tintas fortes.

Em sua interpretação, vemos o retrato de um sistema condenado, em que os homens devoravam a si mesmos, no intuito de destruírem a sociedade.

* Você encontra o filme em DVD e, claro, garimpando na internet.

RECOMENDAMOS



Viva você também este sonho...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui