No “Dica do DTC”, a nova seção do “Devo Tudo ao Cinema”, a intenção não é entregar uma longa análise crítica, algo que toma bastante tempo, mas sim, uma espécie de drops cultural, estimulando o seu garimpo (lembrando que só serão abordados filmes que você encontra com facilidade em DVD, streaming ou na internet). O formato permite que mais material seja produzido, já que os textos são curtos e despretensiosos. 

***

Chuck Mull – O Homem da Vingança (Ciakmull – L’uomo della Vendetta – 1970)

Amnésico foge da prisão com outros três companheiros, chegando à sua cidade natal, para descobrir a verdade sobre seu passado. Lá se envolve numa violenta briga pelo poder. Pérola do faroeste spaghetti com sensacional trilha de Riz Ortolani.

Enzo Barboni, até então um competente diretor de fotografia, estreia no comando desta obscura produção, com o desafio de dar sentido à colcha de retalhos do produtor Manolo Bolognini, entrando no lugar de Ferdinando Baldi. Barboni não teve muita liberdade criativa, logo, o resultado é eficiente, mas longe do brilhantismo dos anos futuros. Ele viria a firmar os pés no terreno do faroeste spaghetti cômico logo depois com “Trinity é o Meu Nome”.

Há problemas no roteiro, alguns furos bastante perceptíveis, mas são compensados pelo carisma do protagonista, Leonard Mann, e pelo tom alcançado com a ajuda da trilha sonora do grande Riz Ortolani.

  • Você encontra o filme em DVD e, claro, garimpando na internet.

RECOMENDAMOS



Viva você também este sonho...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui