O Maníaco (Maniac – 1980)

Frank Zito é um desequilibrado mental que mata inúmeras garotas brutalmente e guarda seus escalpos para adornar os inúmeros manequins que lhe fazem companhia. Até o dia em que uma mulher tira uma fotografia sua no Central Park. Trata-se da fotógrafa Anna D’Antoni, por quem Zito acaba se apaixonando. Mas será que o relacionamento conseguirá vencer sua sede de sangue?

Joe Spinell, o canastrão agiota dos dois primeiros filmes da franquia “Rocky”, roteirizou e protagonizou esta pérola do slasher embrionário, com um nível de violência acima do que seria normal no subgênero, lembrada mais pelo trabalho impecável de Tom Savini nos efeitos de maquiagem.

O roteiro é simplório, a estética é amadora, a direção do fraco William Lustig é sem brilho, mas o grande mérito está no foco dado ao mundo interno de um psicopata, não há antagonista, não há pretensão alguma, apenas o interesse em entregar o maior número possível de sequências de assassinato, um terreno fértil para Savini esbanjar seu talento.

A belíssima inglesa Caroline Munro, que havia sido uma Bondgirl em “007 – O Espião Que Me Amava”, três anos antes, entra na trama no segundo ato como interesse romântico do maníaco, o que não ajuda a tornar o todo mais verossímil.

  • Você encontra o filme em DVD e, claro, garimpando na internet.

RECOMENDAMOS



Viva você também este sonho...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui