No “Dica do DTC”, a nova seção do “Devo Tudo ao Cinema”, a intenção não é entregar uma longa análise crítica, algo que toma bastante tempo, mas sim, uma espécie de drops cultural, estimulando o seu garimpo (lembrando que só serão abordados filmes que você encontra com facilidade em DVD, streaming ou na internet). O formato permite que mais material seja produzido, já que os textos são curtos e despretensiosos.

***

Marujo Intrépido (Captains Courageous – 1937)

Quando se aborda a carreira do diretor Victor Fleming, sempre são lembradas pérolas como “E o Vento Levou” e “O Mágico de Oz”, mas gosto sempre de jogar luz na direção de títulos que também merecem aplausos de pé, como a maravilhosa comédia da era silenciosa “O Supersticioso” (1919), o intenso “Terra de Paixão” (1932), o lindo “Dois no Céu” (1943), que recebeu homenagem de seu maior fã, Steven Spielberg, em “Além da Eternidade”, e, principalmente, “Marujo Intrépido”, protagonizado pelo espetacular Spencer Tracy.

A mensagem do filme, que adapta a obra de Rudyard Kipling, analisada hoje, nestes tempos grotescos de valores invertidos, soa como algo de outro planeta, incrível perceber como a sociedade se bestializou nas últimas décadas.

O menino, vivido por Freddie Bartholomew, extremamente mimado, acostumado a todo tipo de artimanha para conseguir o que quer, após ser afastado da escola por seu temperamento, acaba sendo forçado a acompanhar o permissivo pai durante uma viagem marítima de negócios, aventura que, por obra do destino, conduzirá ao seu resgate na embarcação em que trabalha o pescador vivido por Tracy, comandada pelo capitão, vivido pelo grande Lionel Barrymore.

O garoto, longe das mordomias de seu lar, terá então uma aula intensiva por três meses sobre respeito, disciplina, o valor do trabalho, bons modos, brio, aprendizado inestimável que ganha gradativo peso emocional na direção sensível de Fleming, uma jornada de amadurecimento forçado que, em revisão para este texto, segue eficiente.

Um filme que aquece o coração, excelente opção para uma sessão em família, uma história que deveria ser exibida em escolas para crianças e adolescentes.

  • Você encontra o filme em DVD e, claro, garimpando na internet.

RECOMENDAMOS



Viva você também este sonho...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui