No “Dica do DTC”, a nova seção do “Devo Tudo ao Cinema”, a intenção não é entregar uma longa análise crítica, algo que toma bastante tempo, mas sim, uma espécie de drops cultural, estimulando o seu garimpo (lembrando que só serão abordados filmes que você encontra com facilidade em DVD, streaming ou na internet). O formato permite que mais material seja produzido, já que os textos são curtos e despretensiosos.

***

Como Fera Encurralada (Classe Tous Risques – 1960)

Um criminoso tenta voltar clandestinamente da Itália para França, fugindo da polícia. Ao chegar, percebe que haverá problemas. Lançado na explosão da Nouvelle Vague, este é um policial magnífico de Sautet.

Gosto muito dos trabalhos do diretor Claude Sautet, um diretor que definitivamente merece ser mais citado pela nova geração de cinéfilos. Ele considerava “Como Fera Encurralada” o seu primeiro trabalho autoral, uma trama em que já se notava o seu apreço generoso pela ternura, algo que parece antagônico ao tema, que, em suas mãos, acaba se transformando em um sensível libelo à amizade.

Vale destacar o ótimo ritmo, que envelheceu muito bem, e a presença de Jean-Paul Belmondo, no mesmo ano em que viria a conquistar o mundo com “Acossado”, de Godard.

  • Você encontra o filme em DVD e, claro, garimpando na internet.

RECOMENDAMOS



Viva você também este sonho...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui